Achadinhos de verão Lojas Renner e um desabafo.

Oi gente!
Como prometi lá no meu instagram @lydgoes, vou fazer um post de achadinhos.
Estive em uma das filiais da Renner aqui em POA e pra minha surpresa, tinham vários produtos em liquidação. Lógico que resolvi garimpar algumas coisas e fui feliz. Encontrei várias peças legais, mas separei apenas as que eu realmente gostei para chamar de minhas.

São essas:
Skinny branca
Sim, pasmem eu fiquei tão branca quanto a calça... Apenas 29,90! (e é verdade, sei que não parece nas fotos, mas eu sou magrela, uso 38 =D).

 Saia com detalhe neon:
Essa saia eu achei uma graça. Não aparece bem a etiqueta pois caiu, mas era 49,90.

Camisa com estampa de caveiras:
caveiras por 39,90? Yes!!

Fazer comprinhas c'azamiga é bem mais divertido: apresentando Nati.
Essa calça da Nati, estava 29,90 também. Achei linda e fiquei muito triste que não tinha mais 38. (a camisa é a mesma de caveiras)

E esses foram os achadinhos do dia. A Nati encontrou outras camisas e levou uns presentinhos pra família, mas não fotografamos.
Fora os achados, passamos por uma situação bastante constrangedora e vou aproveitar o espaço para me queixar. Provavelmente esse foi o último post sobre achados que fiz nessa loja. Vou explicar o motivo.
Estávamos nos provadores comentando sobre as peças, mostrando uma pra outra, aquela coisa toda entre amigas... Tiramos algumas fotos e de repente apareceu uma fiscal da loja. A mulher ficou nos rondando o tempo inteiro. Abriu todas a cortinas dos provadores e foi conferindo cada um. Mas não havia mais ninguém ali, a não ser minha amiga e eu. Então a fiscal ficou indo e vindo e cada vez que passava pelos nossos provadores, ficava olhando para as nossas coisas e quando viu minha amiga com o celular nas mãos (ela enviava um sms), logo disse: "vocês não podem tirar foto com as roupas!". O problema é que a mulher disse isso em tom muito rude e grosseiro. Após isso, ela foi até a entrada dos provadores e disse para a moça que atende ali, o que tínhamos dentro dos provadores... Quando retornamos para o interior da loja, a fiscal veio atrás, sendo que outras pessoas tinham entrado nos provadores, ou seja, ela só estava lá por nossa causa.

Enfim, nos sentimos muito mal. Nunca passei por situação tão chata. Já fotografei peças outras vezes e sempre que faço isso, compro o que estou mostrando. Fiquei super chateada, pois isso que faço aqui no blog, é um marketing gratuito para loja. Faço por vontade própria sem nenhum fim lucrativo.
Ao sair fiz uma reclamação por escrito pela falta de respeito que fomos tratadas. Achei de péssimo tom o modo que essa fiscal nos tratou e sai da loja com muita raiva. Vontade de largar tudo lá e ir embora, não faltou, porém, decidimos continuar, ir até o caixa e comprar para provar que podíamos pagar e que não tínhamos nenhuma outra intenção como a que a fiscal estava insinuando.
Que papelão lojas Renner!!!

Desculpem meu #momentoprontofalei, mas isso tava engasgado...
Beijokas e até o próximo!

*ah lembrei que comprei uma sapatilha também, mas como não fotografei ainda, atualizo posteriormente.

4 comentários