Agora pode tudo?

Pára tudo!!!

Eu não ia escrever mais nada hoje, tava preparando um post pra falar de futebol (calma! vão entender tudo depois..), mas me deparei com umas imagens que me deixaram um tanto.. confusa? Sei lá, não consegui definir ainda o que eu senti ou pensei..
Bom, vou colocar as imagens primeiro e depois faço minha observação!

 


 

 

 

 


Bom, as imagens falam por elas mesmas e acho que deu pra entender porque eu "surtei" quando vi isso. Primeiro: que fique BEM CLARO que eu não tenho absolutamente nenhum tipo de preconceito (acho que não mesmo), mas não consegui deixar de comentar sobre esse assunto...

Já que o blog também tem a intenção de discutir sobre arte e moda, tá aí um belo motivo. As atuais criações!
Meu povo, vamos combinar que tem gente pirando o cabeção de vez, não tem? Ou será que a minha cabeça não tá aberta o suficiente? Eu fico pensando nisso cada vez que vejo algo assim... Será que não estudei o suficiente? Será que sou careta demais? Será?? Claro que ainda tenho muito o que aprender, muito mesmo. Mas, acho que estudarei uma vida inteira e ainda sim continuarei com a minha opinião.
Vejam, não to nem falando que essas roupas são ridículas ou algo assim, (claro que não, eu usaria algumas peças =D) mas achei um tom um tanto absurdo! Sim absurdo mesmo, na minha singela opinião!
Essa coleção foi lançada na semana de moda masculina de Londres, pelo nome mais querido do Reino Unido no mundo fashion, J.W. Anderson. O cara gosta de misturar os gêneros e até aí tudo bem.. Mas ele não só mistura, vai um pouco além que sabe..

Eu fico pensando.. Acho que tanto na moda quanto na arte, já criaram e inovaram tudo o que podiam e pela falta de criatividade (ou excesso dela) coisas como essa coleção surgem. Não que seja absurdo homens se vestirem com roupas de mulher e vice-versa, mas parece que estão nos enfiando isso goela abaixo pela falta de coisas novas para mostrar.. Será?
Sei lá, na arte também acho isso. Lembro que lá nos primeiros anos de faculdade, eu ficava furiosa quando algum professor falava no Marcel Duchamp como um grande artista e eu só lembrava do mictório.. achava aquilo "uó" e não compreendia que tinha que aceitar que era Arte. Na realidade até hoje ainda acho meio duvidoso, mas aprendi a apreciar a obra e o talento do cara. Entendi que naquela época, na qual ele teve essa audácia, tudo fazia sentido. Mas hoje? Me pergunto: Ainda há a necessidade de chocar as pessoas?
Não sei...

O que vocês acham?

2 comentários