Uma nova sabrancelha

Olá moças! Começo esse post me desculpando.
Faz dias que eu prometi um post sobre sobrancelhas, mas acabei esquecendo e por aí vai... Hoje eu tava dando uma organizada no blog e acabei achando a postagem onde falei isso. Então, mil perdões e vamos ao assunto.
Quem acompanha a página do blog no facebook (se não conhece ainda clica aqui e curte lá), viu que eu comentei que a mãe da Alice Salazar era fera mesmo. Por que eu disse isso? Simples, a D. Margareth Salazar é designer de sobrancelhas e há umas duas ou três semanas, eu estive no salão que ela atende aqui em POA pra dar um jeito nas minhas.
A minha sobrancelha já tinha um formato natural com um desenho que eu gosto, mas era bem grossinha como vocês poderão ver na foto do "antes". Eu nunca mexi muito nesse formato, pois minha mãe sempre disse que tinha um desenho bonito e que eu não devia deixar ninguém mexer, para não estragar. Eu segui isso a risca e pouquíssimas pessoas tentaram fazer minhas sobrancelhas. Quem acabava mexendo, era eu mesma, mas só tirava bem pouquinho do excesso embaixo. Quando contei isso à Margareth, ela adorou e disse que foi a melhor coisa que eu fiz, pois o ideal é que um profissional seja o primeiro a fazer isso.

Como ela trabalha:
A primeira coisa que ela fez, foi desenhar minha sobrancelha com um lápis (desses de olho mesmo), então eu passei para a assistente dela que tirou o excesso de pelinhos que eu tinha na testa e bem na parte superior da sobrancelha. Feito isso, voltei para as mãos da Margareth e aí sim começou o trabalho. Ela é muito rápida e cuidadosa, mal senti as "pinçadas" e foram várias, pois tinha muito pelo pra tirar. Como o desenho natural já era quase bom, ela não mexeu muito na parte inferior. Com um pincel de sobrancelhas, ela penteou toda pra cima, aparou os pelinhos mais compridos e foi dando o formato arqueado na parte de cima e ajustando embaixo para dar uma leve afinada. 
Terminado, descobri que tenho uma falha no lado esquerdo (que vocês verão na foto também), mas que é fácil de arrumar com uma sombra marrom ou lápis (eu uso 6B mas pode ser de sobrancelha também).
Eis o resultado:

Na foto do antes, eu estava maquiada pois não encontrei outra que desse pra mostrar bem como era minha sobrancelha e a outra eu tirei logo após o banho antes de maquiar, para aparecer bem a diferença.

As dicas que ela deu:
- no meu caso, a manutenção não precisa ser muito seguida pois o desenho ficou fácil de manter. Ela sugeriu que a cada 2 ou 3 meses no máximo, eu volte para ela ajustar. Enquanto isso vou aparando em casa e tirando os pelinhos que crescerem fora do formato.
- quem precisa reforçar o desenho, o ideal é usar sombra com pincel chanfrado (que deixa mais natural) ou um lápis para sobrancelha cinza ou marrom, NUNCA PRETO.
- e a dica mais importante de todas é não tirar muito os pelinhos da ponta da sobrancelha, porque com o tempo eles param de nascer e fica mais difícil de arrumar depois. Essa dica serve para os demais pelos,  pois no caso de afinar demais a sobrancelha, pode ser que posteriormente se quiser alterar o formato seja mais complicado.

Então é isso. Quem quiser ser atendida por ela, pode aproveitar as idas dela aos cursos que a Alice tem ministrado pelo país ou agendar um horário no Hair Club* aqui em POA, onde ela atende com hora marcada as terças e quartas.

* Telefone Hair Club: 51 3311-3300

2 comentários